À conversa sobre adoptar um cão especial

Rita e Gandhi na SIC

Foi há quatro anos que decidi adoptar um cão especial.

A Gandhi estava doente e tinha problemas de comportamento. A associação que a tinha resgatado, O Cantinho da Milu, estava a cuidar dela mas muitos cães não têm a capacidade de recuperar a sua saúde e bem-estar num espaço tão stressante como é um abrigo e sem o conforto de uma casa e o carinho de uma família.

A Gandhi recuperou, e cuidar dela foi uma das experiências mais gratificantes que já tive. Por detrás do cão problemático estava uma alma doce e serena, cheia de carinho para dar, com uma personalidade tão especial e perfeita para a nossa família.

Não podíamos ter tomado melhor decisão que adoptar este cão que precisava tanto de uma família.

Hoje, a Gandhi e eu, fomos ao programa Juntos à Tarde da SIC para apelar a que as famílias adoptem, façam voluntariado e sejam solidárias com as associações de proteção animal! Acima de tudo queríamos deixar a mensagem de que vale a pena adoptar um cão especial, perguntem aos voluntários quais as pérolas escondidas que há na associação e vivam o prazer de ver um cão recuperar e voltar a ser feliz!

Como ajudar?

  • Divulgar a associação;
  • Ser sócio;
  • Ser voluntário;
  • Participar nas actividades da associação;
  • Fazer um donativo;
  • Ser FAT (Família de Acolhimento Temporário);
  • Apadrinhar um cão ou gato;
  • Fazer um donativo telefónico: 760 301 230 (0,60€+IVA)

Leave a Reply